26.3.09

Lo que paso, paso.


Hora Local (at sea): 11h04
Hora do Brasil: 10h04

Festa. Tocou música em português: “esse samba é mixxto (sic) de maracatu...”

O capitão tem medo de chuva. Não paramos em Grand Turk por conta do mal tempo.

Dois dias de mar. Miami. Dois dias de mar.

Último cruzeiro no Caribe. Depois disso é Europa!

Acho que vão me mandar pra Officer Mess no próximo cruzeiro, mas eu não quero.

Se um dia você quiser ver o melhor pôr-do-sol do mundo, pegue um barco à oeste no Mar do Caribe. São os dois minutos mais felizes do meu dia.

Um dia o sol se põe na frente, outro dia atrás e em outros dias do lado direito ou esquerdo. Além da noção do dia da semana, a gente perde a noção de direção também. Ou será que o mundo está ao contrário e ninguém reparou? Creio que exista um segundo sol.

Já andou em 3 numa moto e sem capacete? Eu já. Tem coisas que só a República Dominicana faz por você.

What to do? Call the Bridge! Porque também existe piada interna no navio.

Kapooo, two pasta, plz! How many, how many? Two, kapo! One? Two, two!

“7 dias vão e eu nem fui ver. 7 dias tão fáceis de se envolver.” Já tive quatro “7 dias” aqui. Um mês. O tempo navega voando por aqui.

“Lo que paso, paso, entre tu e yo”. A música predileta dos latinos na balada que balança.
.