28.3.11

.for the record

Data: 28/03/11
Hora Local (Orlando – USA): 03h55
Hora do Brasil: 04h55

Só pra constar, tô aqui no Holiday Inn em Orlando. Teoricamente, devo dormir pra acordar cedo e partir para Cape Canaveral, mas já são 4 da manhã e se eu dormir agora não acordo mais. Então tô curtindo a internet de graça aqui do hotel.

Voei de Nassau pra Miami em um teco-teco, e de Miami-Orlando num Boeing. Pequena diferença. E cada vez me sinto mais à vontade por aqui. Já chego em Miami sabendo tudo que tenho que fazer. Pena que minha overnight não é em Miami, porque eu poderia ver a Sarah (até liguei pra ela, pra constar) e o Ricardo, que só descobri agora que está em Miami, porque cancelaram o vôo dele pro Panamá. Por pouco não cruzo com ele no aeroporto.

Enfim, OIrlando me parece normal à primeira vista. Uma Miami de proporções grandes.

E eu tô aqui morrendo de saudade do meu MJ já, fuçando o facebook de todo mundo.
Saudade do que fica pra trás. "I swear if I had time I would do everything right"

Ai, que cama mais gostosa. Tô quase dormindo com o notebook na mão...e é por isso que não posso dormir, porque numa cama gostosa dessas eu só vou acordar meio-dia. Putz!

Chega de nostalgia, porque não consigo pensar em outra coisa agora. Tem um post dos 7 meses aí embaixo.

Tiau. =)

.sete dias vão e eu nem fui ver

Data: 24/03/11
Hora Local (CocoCay – Bahamas): 17h11
Hora do Brasil: 18h11

Sete meses e chega de Majesty pra mim. Daqui dois dias mudo de casa, por mais 5 semanas. A história é longa e eu nem vou explicar. Mas é isso, Monarch of the Seas, minha nova casa.

Talvez eu devesse estar feliz por estar indo embora. E na verdade estou, mas... sempre tem aquela coisa que te prende, que te faz sentir arrependido ou incapacitado de resolver. Sempre tem a história da saudade no meio. Deixa eu tentar ligar os pontos e achar uma linha de raciocínio. Calma. Meus amigos que nunca davam as caras, resolveram aparecer e dizer que estão com saudade. Me parte o coração isso. As pessoas das antigas aqui do MJ ficam tristes quando falo que não volto pra cá, querem que eu fique. Eu até ficaria, eu acho que adoro esse navio e vou sentir muita, muita falta de tudo e de todos. Mas é hora de mudar. MN por 5 semanas. AD por dois meses. NV por dois meses. Hora de dar a volta ao mundo, é pra isso que estou nessa vida.

O lado bom, se é que tem um, é que a minha ex-querida namorada está no MN. Aquela que é muito minha amiga. Mesmo! Ela esteve aqui no navio ontem, fomos no Johnny Rockets e assistimos The Office. Parceiraça! É incrível como a gente se dá muito melhor como amigos do que como amantes. Então, pelo menos, já tenho companhia pra gastar minhas 5 semanas no Monarch. E a gente faz sign-off no mesmo dia. Savvy?!

Como é triste a partida. Não consigo parar de pensar nisso. Deixar esse navio depois de 1 ano e meio dedicado a ele é doloroso. Agora que ta tudo do meu jeitinho, do jeito que eu queria, arrumadinho... e eu vou embora e deixo nas mãos de outra pessoa pra que o trabalho continue. And just for the record, eu nunca vou esquecer o que esse navio fez por mim e o que eu fiz por ele. Meu nome ta registrado na sua história e o seu nome na minha memória. Tenho muitos navios e desafios novos pela frente, verei muita coisa boa e ruim ao redor desse mundo, mas serei sempre grato ao Majesty of the Seas pelas oportunidades que me deu, pelo amor, confiança e credibilidade de sempre. AHOY!

Se o contrato foi longo ou curto, bom ou ruim, não sei. Foi tudo ao mesmo tempo. Por momentos eu quis ficar aqui pra sempre, e tive horas que queria ir embora no mesmo minuto. Isso acontece na vida de marinheiro, mas a gente a prende a segurar até o dia da partida. Se foi bom, no geral, sim. Conturbado no começo, essa coisa de virar chefe, ter trabalhado sozinho por 2 meses, e até que a Frances aprendesse tudo certinho... levou um tempo. Hoje ta tudo perfeito. Morro de orgulho de ver ela fazendo as coisas que eu ensinei, ou as coisas que ela aprendeu de mim indiretamente. Fico feliz. E fico feliz também quando quebra uma porcaria qualquer (tipo quase todo dia) e eu não sei arrumar. Mas quando eu disse meses atrás, se eu não puder arrumar, nesse navio ninguém mais pode. Então eu vou lá e tenho que achar a solução, e eu sempre acho. São pequenos e grandes desafios que te fazem querer ficar e se dar conta que isso aqui ainda vale a pena, que eu ainda tenho o que aprender e crescer. O dia que eu concluir que não tenho mais nada pra aprender, adios! E é por isso que eu to de mudança, pra ver um mundo novo de coisas e aprender mais, porque o MJ eu já conheço até de olho fechado andando de costas, sei pra que serve every single button in the broadcast room. Esse é meu navio. ;)

To enchendo de ladainha, mas é porque eu to nostálgico. Vo imbóra.

Tiau!

20.3.11

.dos amores em cada porto

[01:25] raíssa : ahahahahahahahahahaha
[01:26] raíssa : pegando todas as gringas
[01:26] farioff: pára!
[01:26] farioff: todas não. só as mais bonitas.
[01:26] raíssa: aahahahahahaha

.das pessoas que a gente ama

[00:32] raíssa : olha aqui, vou fazer a resenha
[00:32] raíssa : vc me irrita
[00:32] raíssa : ahuauhuhaahuha
[00:32] raíssa : tiau!
[00:32] farioff: viu?
[00:33] raíssa : vi, vi você irritando
[00:34] farioff: porque voce nao me ama mais.
[00:34] farioff: antes eu te irritava e mesmo assim vc me amava.
[00:38] raíssa : antes vc não me abandonava
[00:40] farioff: eu sempre to nessa porra de internet, como sempre estive. e voce sempre me amou mais do que tudo na sua vida. so pq eu to longe nao muda nada. pode continuar falando comigo ingual.
[00:42] raíssa : eu também to sempre nessa porra de internet e nem assim vc fala comigo
[00:42] raíssa : argh!
[00:43] farioff: claro que falo. largue mão. voce que nunca me responde.
[00:43] farioff: mas deixa.. nem precisa.
[00:43] farioff: vai la pra tua resenha e me abandona aqui.
[00:43] farioff: eu vou continuar te amando, mas nunca mais vou te perturbar e irritar. fique tranquila.
[00:43] farioff: tiau.
[00:44] raíssa : tudo isso é saudade, né
[00:44] raíssa : só pode
[00:44] raíssa : e mto mto mto amor
[00:45] farioff: eu nunca escondi que sinto saudades e que te amo.
[00:45] farioff: voce que faz de conta que nao sabe.
[00:51] raíssa : vc que fica falando que eu não gosto de você e fica nessa discussão sem fim, daí jaja vc tem que sair ou eu tenho que sair a gente não conversou nada, só ficou nessa bate boca desnecessário, sendo que um ama o outro e ponto final!*
[00:55] farioff: o que você almoçou hoje?
[00:56] raíssa : pastel e vc?
[00:57] farioff: hamburger :/



*chorante. Orgulho da minha menina crescida.

18.3.11

.dos que dirigem o seu carro

[21:46] farioff: ai
[21:47] farioff: comprei um dvd pro carro hoje
[21:47] farioff: nao vejo a hora de instalar
[21:47] Andressa: hahahahaha
[21:47] Andressa: ah é???
[21:47] Andressa: q legal
[21:48] farioff: yeh
[21:49] Andressa: teu carro é legal, fez uma otima aquisicao, né?
[21:49] farioff: acho que sim. vc pode dizer melhor que eu.
[21:49] farioff: haha
[21:49] Andressa: pois é hahaha
[21:50] farioff: vou precisar botar um alarme nele
[21:50] farioff: o espelho do som/dvd nao sai.. dai vai chamar mta atençao
[21:51] Andressa: ah é verdade... isso é foda
[21:51] Andressa: mas ele tem alarme, sabia?
[21:51] farioff: não, ninguem me contou.
[21:51] Andressa: hahahahahahahahahahaha
[21:51] Andressa: seriooooooooooooooooooooooooo
[21:52] Andressa: choquei
[21:52] farioff: é tipo seu filho ter dado o primeiro passo e ninguem te liga pra contar 66'
[21:52] Andressa: hahahahahahahahaha
[21:52] Andressa: serio
[21:52] Andressa: to rindo muito
[21:54] farioff: hunf

9.3.11

.6, papudo!

Data: 18/02/11
Hora Local (CocoCay – Bahamas): 00h45
Hora do Brasil: 03h45

E o meu cowntdown foi por água abaixo. Deveria faltar 3 semanas, a partir de agora, pra ir embora. Me faltam 3 meses. Pois é. Dar pra receber. Se eu peço alguma coisa, tenho que ceder também. A novela se complica. Já me deram mil navios diferentes, e os planos mudam toda hora. Mas parece que agora tá tudo resolvido. Eu devo ficar extras 5 semanas no Monarch of the Seas antes de sair de férias. Melhor do que os 7 meses que me dariam depois delas. Pra me livrar disso tive que me submeter a protelar a ida pra casa. Tudo bem. =)

O lado bom e talvez o ruim é que adivinhem quem ta lá? Sim, aquela pessoa louca da minha vida, que eu tenho visto a cada 2 semanas quando nossos navios se cruzam (e tem sido muito bom). E agora nossas vidas se re-cruzam no mesmo barco. A ironia maior do destino é que vamos embora no mesmo dia. E é muito unfair que quando eu cheguei aqui ela ainda estava aqui. Foi embora, saiu de férias, chegou no barco novo e vamos embora no mesmo dia. Muito injusto. Mas enfim, eu tive a minha opção e, mais uma vez, ela fez diferença na minha escolha. Vamos ver que merda vai dar. “The world spins”.

Depois que esse contrato torturante acabar eu devo ir pra um dos maiores navios da companhia, fazendo a rota hispano-italiana, partindo de Málaga/ESP, uma das cidades que eu mais adoro no mundo, e indo em direção à Roma/ITA, uma das cidades que eu mais adoro no mundo. Não posso reclamar. O roteiro não vai me apresentar nada novo, mas rever lugares lindos, respirar ares europeus e navegar por águas do Mediterrâneo me animam bastante. No lugar de um permanent HBT vou virar uma espécie de traveller HBT, que me gusta mucho més (“més” pelo sotaque catalão).

Terei 3 meses de férias e me parece que não vai sobrar outra alternativa senão trabalhar, porque ficar 3 meses sem fazer porra nenhuma vai me deixar muito louco, depois dos quase 9 meses à bordo. Que parto!

Já to muito enjoado desse barco. Se tivesse que ficar até o final aqui acho que eu não aceitaria, mas essa transferenciazinha vai me ajudar a suportar, vou ver coisas novas (por mais que eu odeie o Monarch of the Shits), experiências novas, sentimentos novos... com equipamentos velhos que existem por lá! Argh! Como diz a louca: “Monarch is a shit version of the Majesty”. Pra quem não sabe, os navios são gêmeos, ou twin-ships.

Tenho gastado muito dinheiro na Amazon.com. Só nos últimos 30 dias foram $1000. Porra, não é pouca coisa. Tenho que me segurar. Mas dá raiva e pena de ver coisas super-legaus tão baratas. Eu compro por pena de ver um produto maneiro a preço de banana. Por exemplo, hoje encomendei duas Lomos... eu disse DUAS câmeras lomográficas diferentes por $30 cada uma. Uma octa e uma quadri-cam. Não dá pra resistir.

O momento sad desse post fica por conta de eu me sentir decepcionado com todos meus amigos no Brasil. Nenhum puto me escreve um e-mail pra saber como eu to, nenhum filhodaputa fala comigo decentemente no MSN (tão sempre “na correria” – vãotomarnosseuscus! Venham trabalhar num navio pra ver o que é correria), nenhum paunocu se importa se eu to bem, mal, vivo ou morto. Eu tento, eu bem que tento manter contato... mas as pessoas não têm feito por merecer e eu ando bem desanimado com isso e vou desistir de tentar. Tudo bem que minha ausência já virou rotina na vida de todos. Nos primeiros contratos todo mundo se importava, não via a hora de que eu voltasse. Me mandavam vídeos e fotos das festas que eu perdi e que fiz falta, faziam dedicatórias especiais nos eventos pra mim, compunham músicas, assopravam garrafas pra imitar “a buzina do navio” em minha homenagem e me deixavam morrendo de saudade e remorso por tê-los abandonado. Mas, agora, who cares? Acho que esse é mais um dos motivos que me fizeram querer estender esse contrato por todo esse tempo. Se não faz diferença pra ninguém, pra mim tampouco. É por essas e outras que eu já to achando que vou ficar nessa vida pra sempre.

Resta pouco do Farion nesse Marcos Aguiar que aqui vos fala. =)

Por incrível que pareça, o único que parece se importar comigo é meu irmão Lucas, de 13 anos, aquele que me fez chorar há exatos 2 anos atrás quando eu saí de casa pela primeira vez. É, são exatos 2 anos que me tornei marinheiro. Coisa bagarai!

Adeus.

6.3.11

.do tempo que passa

[19:56] farioff: que serie que vc ta mesmo?
[19:56] .lucas: 8ª
[19:56] farioff: credo!
[19:56] .lucas: credo oq?!
[19:57] farioff: esses dias atrás eu ainda ia te buscar de bicicleta na creche
[19:57] .lucas: poisé^^