11.12.09

Longe de casa...

...há mais de uma semana

Data: 11/12/09
Hora Local (Miami – USA): 02h13
Hora do Brasil: 05h013


Só 12 dias, mas parece que tô aqui há mais de 1 mês. Pelo tanto que eu trabalhei, já dava pra fechar minha folha de pagamento desse mês no Brasil, e ainda sobrava hora pra descontar em janeiro.

Mais um cruzeiro de 4 dias acabou, isso significa que basicamente não dormi nos últimos 3 dias. Agora começamos um cruzeiro de 3 dias, e é mais folgado que o de 4. Vamos ver se agora consigo sair do barco. Até agora não botei o pé pra fora. Mas meu grande desafio agora é impressionar o novo supervisor, que chega hoje, daqui algumas horas. O Ruel gostava de mim, me deu uma boa recomendação pro próximo supervisor. Agora tenho que fazer por merecer e provar que ele tava certo. Mas ainda falta muita coisa pra eu aprender. Apesar de que agora não vejo isso tudo como um bicho de 7 cabeças. Agora o bicho só tem 6. Antes de ir embora eu ainda o mato o bicho.

Dessa vez eu trouxe mais roupa que da primeira. Mas até agora não usei outra que não fosse uniforme. Além de uniforme, não tenho nenhuma outra laundry pra fazer. Isso é um indicativo que prova o que eu venho falando sobre trabalhar bastante.

Ah, recebi meu primeiro salário. Até levei um susto, porque eu esperava receber por 1 dia trabalhado, de 30 de novembro. Mas eles pagaram os próximos 15 dias adiantado, daí até me senti rico. Só que essa grana vai simplesmente desaparecer, porque tenho que pagar pelo meu uniforme e pelo vôo de casa pra Miami. Vai um mês inteiro de salário só pra pagar isso. Depois mais outro mês inteiro pra repor a grana que eu gastei antes de viajar, com visto, exames, viagens pra SP e RJ... enfim, toda aquela merda toda que tem que fazer antes de vir. Só depois do terceiro mês que vou começar a ver algum lucro nisso tudo. O custo pra vir fazer isso aqui é muito alto. Nunca fiz a conta exata, só pra não passar raiva. Mas sei que é alto. Nem sei porquê tô falando isso.

Tivemos vários passageiros brasileiros nesse cruzeiro. Conversei com dois casais que encontrei por acaso em algumas das festas. Falando nisso, é só nas festas de passageiros que eu me divirto de verdade, mesmo trabalhando. Sei lá, festa é festa. Outro dia, na festa ‘dancing under the stars’ eu dei uns passinhos igual aos crew staff (os que agitam o povo), e o Cruise Director (o líder dessa galera, e o chefe do departamento que eu faço parte), que tava no mic agitando o povo até elogiou: “Yes, Marcos. I like that”. Mas quando ele falou isso eu fiquei com vergonha daí parei, porque todo mundo foi olhar pra mim. Hahaha mas foi hilário eu com a baita câmera na mão e dançando. Haha. vamos ver na próxima festa se eu me animo de novo.

Festa de crew mesmo eu nunca fui. Nunca tive tempo.

Engraçado que quando to na minha cabine e vejo algum problema na TV, eu penso em criticar. Daí eu lembro que quem é responsável por isso sou eu, daí eu paro. Hahaha sem falar outro dia que pensei comigo que o certo seria chamar um técnico pra arrumar um negócio lá. Até que eu lembrei que o técnico, no caso, sou eu. Hahahaha ainda é difícil se acostumar com isso. Eu vim achando que ia só filmar/editar e no fim das contas tô num cargo super técnico que tem que deixar no ar mais de 20 canais de TV 24h por dia. Mas no fundo dá um certo orgulho de ver tudo funcionando certinho (raramente hahahaha) e saber que o que tu ta fazendo tá indo pra mais de 3000 TVs no navio inteiro, sem falar nos 1000 DVDs vendidos, em média, por cruzeiro, com os videos que eu fiz.

Bom, fiz minha parte de me comportar e trabalhar duro enquanto o Ruel tava aqui, tentei captar o máximo de informação dele. Amanhã (hoje) é um novo dia, vida nova. Espero que o supervisor não seja chato como dizem. Já tô com o pé atrás desde já, preparado pro pior. Só sei que to começando a me acostumar com as coisas, com mais confiança nas coisas que tô fazendo, apesar de ainda cometer vários erros nas filmagens, que eu só descubro quando vou editar e tenho que me redobrar pra consertar, mas tô num processo. Ou melhor, num progresso. Vamo que vamo.

Tiau.