25.7.09

Como se diz...

...sublime em inglês?

Data: 19/07/09
Hora Local (at sea): 23h55
Hora do Brasil: 18h55

Não sei. Só sei que deve ser impossível traduzir o sentimento “sublime” para inglês. Tenho tido momentos sublimes aqui. Momentos “fariônicos” de planejar tudo nos mínimos detalhes, e não realizar. Esses também se tornam sentimentos sublimes, além daqueles sublimes de verdade, como um simples “you can kiss my hand”. Sublime de verdade seria ouvir um “babe, you`re gonna miss that plane”. Well... os momentos não realizados com certeza vão virar filme um dia. Todas as pessoas aqui vão virar filme um dia. Todos os meus próximos personagens estão aqui, e vão ganhar vida fictícia um dia. Vou sentir saudade deles um dia.

A verdade é mais atraente com um pouquinho de ficção.

Por falar em ficção, assisti Cruel Intentions hoje. Quando vi que havia legenda em português fiquei até feliz, mas quando comecei a ver percebi que era legenda em gauchês. Desisti e botei legenda em inglês mesmo. Ninguém merece ver primeiras e ler terceiras pessoas num filme, né?

Hoje eu acordei sublime.

Tiau!
.


UPDATE


Êta mês que não passa.

Data: 24/07/09
Hora Local (Barcelona - Espanha): 01h04
Hora do Brasil: 20h04


Não tenho nada interessante pra contar, então só atualizo algumas coisas mesmo.

Sobre sublimes, tive uma visão sublime em Málaga, na praia. Era uma menina no balanço. Achei sublime.

Ah, na verdade queria contar que subi de bicicleta o morro (que descobri que chama The Rock) até o topo em Gibraltar, e no dia seguinte subi no castelo no alto do morro em Málaga. São 4.000m de um e cerca de 2.000m o outro. Legal, né? Pergunta se eu cansei. E no alto do The Rock eu entrei numa caverna, que chama Matheu`s Cave. Coisa linda! “Estalactite”, é assim que escreve? Era assim lá dentro.

Também em Gibraltar, quase fui preso. É que assim, o aeroporto ocupa metade da cidade (Gibraltar, eu já disse, é basicamente só a pedra), então que ele atravessa uma avenida de carros, normal. E eu tava nessa avenida e entrei, só pra ver, na região da pista e tals. =x Veio a polícia atrás de mim, claro. Foi engraçado. Brigaram comigo, mas até que eu tava com a razão, porque não existe absolutamente nenhuma sinalização. De verdade, nenhuma! Mas enfim, eles só vieram encher o saco porque deve ser a única coisa que eles devem ter pra fazer no dia inteiro, já que pousa um avião por dia aí. Nem fiquei com medo de ser preso. Eu dei é risada e curti a sensação da polícia vir atrás de mim de carro. hadushduasdha

Hoje (ontem, na verdade) saí em Barcelona e fui na bendita Las Ramblas, que é mais ou menos uma 25 de março de SP. Só que de terceiro mundo, né? É uma ruazinha famosa. Eu gostei e tals. Acho que era a única coisa famosa de Barcelona que faltava eu conhecer.

Bom, a Iuliia (Ucrânia) que era minha amiga, agora ta na officer’s mess, então a gente nem conversa mais, nem nas horas de folga, porque ela já encontrou novos amigos. =) E a Bruna (Brasil) ta cuzona, nem fala comigo mais. Não sei que foi que eu fiz. De resto, tudo normal. Já to com saudade de pessoas que eu vou deixar aqui. E com nostalgia de saber que não vou voltar mais em lugares como Barcelona. A maioria desses lugares, nunca mais na vida toda.

Me sinto tão à vontade na Espanha. Acho que quero morar aqui. Adorei todos os lugares que conheci. Ao contrário disso, odiei todos os lugares da Itália. A Itália é minha grande decepção. Espero que Veneza me encante (se eu voltar pra um novo contrato eu vou até lá). E por falar nisso, hoje fui assinar minha avaliação final. Terrível, claro. Minhas notas todas horrendas, vergonhosas. Os comentários ao meu respeito todos ridículos. Mas nem discuti e assinei. Quem escreveu tudo isso foi o gordo FDP Ass. Maitre D’, então claro que eu não podia esperar outra coisa. O pior de tudo é que existe um campo tipo “merece voltar para o próximo contrato?” e ele me deu um SIM. Tipo, depois de criticar em TUDO, ele ainda me dá “sim”? Um tanto quanto irônico. O motivo eu sei qual é. Ele me odeia, mas sabe que eu sou bom. Enfim... é outra coisa que eu dei risada depois. E eu só aceitei esse “sim” porque to pensando em voltar pra conhecer países novos. Aliás, deixa eu abrir outro parágrafo.

Pula uma linha; parágrafo; travessão.

- Eu vou pra Zurich! Sim, se eu voltar pra um contrato novo. Meu vôo de volta a este navio faz escala em Zurich. Ou seja, já é mais um país pra lista. E no contrato novo, eu vou pra Grécia, Egito, Senegal e Marrocos. Já são outros países novos. Sem contar em Veneza, na Itália. Daí o navio pára no Brasil em dezembro, e eu desembarco. :D Já ta tudo planejado. Só falta saber se eu vou aderir ao plano. E olha que coisa de gente importante: eu já tenho 5 vôos agendados até o final deste ano. Hadushdaushdusa 3 pra voltar pra casa e mais 2 pra embarcar de novo (sim, as coisas aqui são muito bem organizadas e eu já tenho os horários dos vôos do próximo contrato. Pra voltar aqui, eu vou de SP/Zurich e Zurich/Roma, pra embarcar em Civitavecchia).

To ansioso pra tentar conhecer Londres. Vou até lá no aeroporto, mas não sei se vai dar tempo suficiente pra ir pra cidade e tirar foto no Big Ben. Espero que sim. O que me dói é saber que vou ficar 24h viajando, e chegar em casa basicamente na mesma hora que eu sair daqui. Ou seja, é um dia que se vive, mas um dia que passa como se não tivesse existido. Vou viver o mesmo dia 2 vezes. Já cansei.

Por falar na ucraniana, agora há pouco tinha 3 ucranianos aqui na minha cabine assistindo vídeos legais do Gugu (atenção: isso foi uma ironia). Eu assisti também. Não entendi nada, mas dei risada pra fazer um social.

Eu disse que não tinha nada pra contar, mas já to na terceira página do Word.

Tiau!

UPDATE

Sublime ainda?

Data: 25/07/09
Hora Local (Livorno - Itália): 14h35
Hora do Brasil: 09h35

Me aconteceu algo sublime de novo, mas eu esqueci o que era já. =/

Agora to na hora de folga. Vou dormir assim que postar fotos novas. Não vou sair, porque em Livorno não tem nada de interessante, a cidade é longe do porto e não se pode sair de bicicleta do porto. Legal, né? Vou dormir mesmo. Pareço velho, ou estou extremamente cansado nesses últimos dias que me restam. Qualquer folguinha, corro direto pra cama. Tomei um gosto absurdo por dormir. Quando acordo, a primeira coisa que penso é quanto tempo falta até a próxima dormida.

Ah, uma novidade: acabaram, finalmente, as aulas de inglês. Uma merda o “curso”, porque ta mais pra treinamento de boas maneiras à bordo do que aula pra aprender inglês. Dia 29 tem nossa formatura, num almoço com o capitão. Xisque, né?

Ah, saí de bike em Cannes e tals. Conheci direito a cidade dessa vez. Segui o ônibus de turismo pra conhecer os lugares principais. Ahudshduas a gente é ‘pendejo’ demais. O Victor (Peru) faz a mesma coisa. Em Copenhagen a gente fez isso também por alguns quilômetros.

Amanhã acho que terei day off em Civitavecchia. FINALMENTE vou poder ir à Roma. Vamos ver, vamos ver...

Tiau, pissual!
(ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh, faltam exatamente 3 semanas pra ir embora!)